Tecnologias que geram soluções

syscoop32

Desenvolvido para automatizar as cooperativas de crédito, o SYSCOOP® 32 possui 11 módulos totalmente integrados que, de maneira segura, flexível e parametrizável, controla as seguintes contas de cooperados:

  • Capital
  • Capital de ex-associados
  • Depósitos à vista (compensação Bancoob, Banco do Brasil e Cecoopes)
  • Juros ao capital
  • Aplicações de curto prazo
  • Débitos de ex-associados
  • Empréstimos
  • Rendas a apropriar
  • Sobras ou perdas acumuladas
  • Convênios
  • Aplicações de poupança ou de depósitos a prazo (pré ou pós-fixadas)
  • Despesas a apropriar
  • Crédito em liquidação duvidosa
  • Crédito de associado
  • Sistema Central de Risco (SCR) – Central de Risco de Crédito

No SYSCOOP® 32 você também tem acesso a uma ampla ficha de atendimento que une, em uma mesma tela, todas as informações necessárias para agilizar o processo de atendimento. E como todas as permissões para utilizar o sistema são feitas via cadastro prévio dos usuários, além da segurança de contar com a utilização de apenas pessoas autorizadas, mantém-se um histórico de todas as operações realizadas.

Módulo Administração

Este é um dos principais módulos do SYSCOOP® 32, onde são realizadas todas as parametrizações e configurações do sistema para o funcionamento dos demais módulos. Nele está inserido o Sistema Central de Risco (SCR), onde se calcula os níveis de risco de crédito dos cooperados e gera-se o documento COS3040 para envio ao Banco Central do Brasil.

No Módulo Administração é possível gerar relatórios de saldos sintéticos para conciliação contábil, saldos por conta ou por cooperado, maiores devedores ou credores, entre outros. Também são realizados constantes backups, alterações e encerramentos de datas, onde são feitos automaticamente cálculos de correção de empréstimos, apropriação de rendas, solicitações de talões de cheques, cobranças de tarifas etc.

O módulo ainda permite a emissão de Documentos de Arrecadação da Receita Federal (Darf), utilizados para recolhimento de Impostos de Renda Retidos na Fonte (IRRF), ou de Impostos sobre Operações Financeiras (IOF) – no caso de empréstimos, aplicações ou depósitos à vista.

Módulo Contabilidade

O Módulo Contabilidade é responsável pelo gerenciamento contábil da cooperativa, realizando tarefas como lançamentos em contas contábeis, emissões de relatórios, geração de arquivos do Banco Central do Brasil, entre outros.

Além de importar a movimentação operacional do SYSCOOP® 32, neste módulo também é possível efetuar lançamentos manuais, controlar ativos imobilizados e gerar documentos do Sistema Público de Escrituração Digital (SPED), como: Controle Fiscal Contábil de Transição (FCONT); SPED Contábil (ou Escrituração Contábil Digital – ECD); EFD Contribuições (ou Escrituração Fiscal Digital da Contribuição); Declaração de Informações Econômico-fiscais da Pessoa Jurídica (DIPJ) e Demonstrativo de Limites Operacionais (DLO).

Para realizar essas tarefas, o Módulo Contabilidade utiliza o programa CONTA.EXE, do MS-DOS. No entanto, visando oferecer uma ferramenta moderna e atualizada – que utiliza o sistema Windows –, a Prodaf® está licenciando, gradativamente, o SYSCOOP® CONTÁBIL, que irá realizar as mesmas tarefas do Módulo Contabilidade, porém, de forma independente do SYSCOOP® 32.

Módulo Banco

Neste módulo são controladas as contas bancárias das cooperativas em outras instituições financeiras e da central a qual estão afiliadas, facilitando a conciliação bancária. Todos os lançamentos feitos no operacional são refletidos automaticamente em seus devidos bancos e também na contabilidade.

O Módulo Banco fornece um cadastro de contas para controle de tesourarias, contas bancárias, aplicações e seus rendimentos. As contas selecionadas neste módulo podem ser utilizadas nos demais módulos como contrapartida de recebimentos e pagamentos, refletindo automaticamente nos dados bancários.

Também é possível realizar lançamentos de débitos, créditos, pagamentos, transferências, aplicações, resgates e rendas para conciliação diária dos extratos bancários das cooperativas. Além disso, é possível realizar o cadastro de talões de cheques por bancos, permitindo lançar pagamentos e despesas por meio de cheques previamente cadastrados.

Módulo Associado

No Módulo Associado é possível gerenciar o cadastro dos associados nas cooperativas. Informações como dados pessoais e profissionais, endereços, fotografias e assinaturas digitalizadas, cadastros de bens e de dependentes, entre outros, podem ser inseridos e alterados, tanto manualmente quanto por importação de arquivos com layouts previamente desenvolvidos.

Além disso, o sistema aceita cadastros de pessoas físicas, jurídicas e permite operações com terceiros. E em caso de desligamento do cooperado, o SYSCOOP® 32 possui a opção “Zerar Associado”, onde automaticamente são confrontados todos os débitos e créditos desse cooperado, gerando um único lançamento final a ser cobrado ou pago. Esses valores ainda podem ser enviados a outros bancos via borderô de pagamento ou arquivo de crédito bancário.

Módulo Capital

O objetivo deste módulo é controlar a movimentação das contas capital, capital de ex-associados, Sobras ou Perdas Acumuladas (SPA) e juros ao capital. Permite também o lançamento manual de débitos e créditos, utilizando as origens Banco, Folha e Depósito à Vista.

O sistema ainda oferece a opção de incorporação nas contas capital, poupança, ou a criação automática de contratos de convênio – parcelados ou não –, com diversas formas de recebimento (apenas para o caso de perdas). A exclusão dos cálculos também é permitida (caso a incorporação não tenha sido efetuada).

Módulo Empréstimo

Este módulo controla a concessão e os recebimentos de empréstimos dos cooperados. Nele é possível gerenciar linhas de crédito disponíveis nas cooperativas, onde se estabelece os tipos de contratos que serão utilizados, como: Pós-fixado, Price, Sac, Montante, Desconto de Cheque, Curto Prazo Normal, Curto Prazo Descontado e as devidas taxas que serão praticadas em cada uma das linhas.

Também é possível simular novos contratos e efetuar o cadastro de novas propostas de empréstimos, bem como a liberação, alteração ou exclusão das mesmas. Outra função deste módulo é o Refinanciamento de Contratos dos Cooperados, com a opção de refinanciar todos os débitos dos cooperados e incluir, nos novos contratos, valores de aporte, agregando-os ao novo saldo devedor.

Além disso, ao criar novos contratos, o sistema possibilita a geração de arquivos e borderôs para pagamentos dos empréstimos ao cooperado por meio de crédito em outros bancos. Esses arquivos são gerados em layouts previamente desenvolvidos.

Módulo Conta Corrente

O SYSCOOP® 32 possui convênios com Bancoob, Banco do Brasil (Conta Integração) e Cecoopes, possibilitando a cooperativa operar com todos os serviços de conta corrente disponibilizados pelo convênio contratado, como emissão de talões de cheques, cartões de operações em caixas automáticos, cartões de crédito, DOC, DEC, TED e emissão de boletos com a bandeira dos bancos conveniados.

O sistema possui rotinas de controle de captação de recursos via aplicações financeiras, como Depósito a Prazo, Depósito a Prazo CDI e Curto Prazo. Essas aplicações financeiras transitam automaticamente via Conta Investimento.

E no Módulo Conta Corrente é possível acessar o terminal de caixa e ter a rotina interligada a todos os módulos do sistema, onde poderão ser realizadas operações desde o recebimento de capital, liquidação de empréstimos, emissão de TED e DOC, recebimento de boletos bancários, arrecadação bancária e operações diretamente na conta do cooperado. No terminal de caixa ainda é possível utilizar leitoras de código de barras, de cheques, de cartões magnéticos e impressoras autenticadoras. Lembrando que em toda operação realizada será emitido um comprovante de autenticidade.

Módulo Convênio

O Módulo Convênio tem o objetivo de controlar os débitos dos cooperados que foram contraídos em empresas conveniadas à cooperativa, como compras realizadas pelos associados em estabelecimentos comerciais – supermercados e farmácias, por exemplo. Permite também a importação e exportação de dados cadastrais e de compras realizadas, por meio de arquivos com layouts previamente cadastrados no sistema.

Módulo Cobrança

Por este módulo é possível calcular descontos de empréstimos, capital, aplicações financeiras, débitos pendentes de cooperados e convênios. E o recebimento pode ser efetuado via desconto em folha, débito e boleto bancários.

Assim, os valores a serem descontados poderão ser enviados via exportação de arquivos e o retorno dos descontos via importação, dispensando qualquer controle manual. O Módulo Cobrança possui ainda um sistema de prioridades de descontos que é configurado pela própria cooperativa, priorizando o valor descontado – caso seja inferior ao valor enviado para desconto –, ou por retorno identificado, via códigos de descontos parametrizados previamente.

Módulo Outras Contas

O Módulo Outras Contas controla diferentes saldos credores e devedores dos cooperados com a cooperativa, tais como:

  • Conta Crédito de Associados, que lança créditos originados de eventuais excedentes de desconto em folha ou recebimento por banco;
  • Conta Débito de Associados, que lança recebimentos – por depósitos bancários – de débitos gerados automaticamente;
  • Conta Débito de Ex-associado, que lança recebimentos – por depósito bancário ou desconto em folha – dos débitos gerados automaticamente no desligamento do cooperado e permite baixar débitos da conta fundo de reserva ou folha de pagamento;
  • Conta Crédito em Liquidação, que transfere o saldo devedor de empréstimos, conta corrente e débitos de ex-associados para a conta crédito em liquidação, com a opção de cobrança de mora e multa. Também possibilita o recebimento desses valores por meio de depósitos bancários.

Módulo Extrato

O Módulo Extrato permite verificar individualmente as contas dos cooperados, sendo possível: emitir extratos gerais (com todas as contas movimentadas pelos cooperados) ou individuais (de conta capital, crédito de associado, convênios, empréstimos, depósitos, entre outros). No extrato mensal também é possível emitir um relatório, do período informado, da conta corrente de todos os cooperados.

Conteúdo em PDF